Pudim de Laranja



Aqui em casa quem se aventura mais pela Doçaria sou eu, o LSD prefere os salgados, que por sinal me levam à loucura gastronómica, eu prefiro formas de bolos, farinha, ovos e açúcar.
Confesso aqui que ter, durante décadas, o melhor Pudim de Ovos caseiro feito pela mãe, não me levou a muitas incursões pelos pudins, mas há um momento para tudo. A ocasião merecia e, pelo último aniversário do LSD, pensei e arregacei as mangas, na cozinha, por um pudim caseiro, aromatizado pelos sabores de Outono, e que nunca houvesse sido feito cá por casa.
Fiz então este pudim com o sério risco de ficar marcada para o futuro, pois abri a porta do forno e o vapor queimou-me de imediato a cara. Um dos riscos a evitar. Outro risco que cometi foi o tempo de preparação. Os pudins querem tempo, tempo para aromatizar, tempo para cozer sem pressas, tempo para arrefecer e adquirir a fresca textura granulada que os identifica.Não atribui importância a estes detalhes, o pudim acabou por sair, e o resultado até mereceu elogios da família. 

Façam o teste da paciência com esta receita, o resultado vai merecer a pena :-)

Ingredientes
  • 150 gr de Açúcar 
  • 1 colher de sopa de Amido de Milho (farinha maizena)
  • 7 ovos médios
  • 700 ml de Leite meio gordo
  • 2 colheres de sopa de Vinho do Porto (opcional)
  • 1 Laranja (raspa fina)
  • 1 Laranja (casca)
  • Caramelo para untar a forma q.b.
  • Laranja algumas rodelas
Preparação

  1. Começa-se por misturar a farinha com o açúcar.
  2. Depois adiciona-se os ovos um a um, batendo entre cada adição.
  3. Leva-se o leite ao lume com a casca da laranja e leva-se a ferver. Rejeita-se a casca da laranja e deixe arrefecer um pouco o leite aromatizado.
  4. Juntam-se ambos os preparados e adiciona-se o vinho do Porto, batendo com uma vara de arames, até obter uma mistura bem homogénea. 
  5. Unta-se uma forma de pudim (de chaminé com 24 cm) com caramelo, e verta o preparado.
  6. Leva-se ao forno a cozer em banho-maria durante cerca de 50 minutos, e faça o teste do palito ao fim deste tempo.
  7. Depois de cozido retira-se do forno. Deve-se desenformar apenas quando estiver frio.
  8. Sirva com rodelas de laranja e raspa da casca desta.

 Sirva acompanhado de um bom espumante da Bairrada, casta Baga.