Leite Creme Tradicional

Faz Lá ISto Na Bimby - Leite Creme Tradicional

Leite Creme Tradicional e a história que falta

As nossas receitas têm sempre uma pequena história associada. Complementa, achamos nós. Conviver, comer e beber é um dos objetivos deste blog, e comer em conjunto, com os amigos e a família aumenta, e muito, o prazer associado. É tipo aquela velha máxima... "ai e tal, tou sozinha, como uma sopa e sandes"... mas que piada tem isso? e treinar novos pratos? e fazer um jantar e convidar o vizinho de cima? muito melhor :-)
Mas voltando à história do leite creme. No Natal há imensos jantares, agora os almoços e há quem coma o bacalhau ao almoço e ao jantar, numa sucessão interminável de ementas repetidas para celebrar a maravilha do natal.. blá.. blá... por falar em ementas de almoços de natal, faz-me lembrar a ementa dum almoço de Natal, aqui em casa, que foi um sucesso, nem as espinhas sobraram... mas voltando, as amigas combinaram um lanche na casa da Ana e era preciso levar um doce/salgado e uma lembrança.
Até à ultima da hora não fazia a mínima ideia do que levar, até que olhem para as laranjas e lembrei-me de fazer leite Creme mas com laranja. Fica óptimo, mas é preciso cortar o açúcar para metade.... de resto, a receita é só substituir o limão pela laranja (agradeçam pois demos 2 receitas pelo preço de 1).
E foi um sucesso... todos gostaram, até acho que a Barbara ficou com uns ciúmes, pois o Leite Creme era o território dela :-).
A partir daí tornou-se receita assídua, e a Liliana não passa sem ela. Cai maravilhosamente bem num almoço ao Domingo, nos aniversários, não pode faltar na mesa do Natal, pois claro, e é BBB (bom, bonito e barato) (até aposto que não conheciam a expressão) (hoje estou inspirada :-)).


Ingredientes
  • 6 Ovos Tamanho Médio/Grande
  • 1 Litro de Leite (eu uso meio gordo mas podem optar por magro/gordo, conforme preferirem)
  • 1 Pau de Canela
  • 1 Limão
  • 250 gr. Açúcar Branco Granulado
  • 50 gr. Farinha Maisena (amido de milho) 
  • Açúcar para Polvilhar e Ferro de Queimar Eléctrico, Manual ou Maçarico de Cozinha  

Notas sobre os ingredientes
Tenho sempre preferência por ovos de grande qualidade, pois são a base desta receita. para o caso de ter acesso a ovos caseiros, opte sempre por estes e frescos. Devem estar sempre à temperatura ambiente para fazer sobremesas.
Neste receita não opte por substituir por outro tipo de açúcar. Este creme é super sensível à textura do açúcar, ao granulado e, claro, ao tipo de açúcar que utiliza. Há outros doces tradicionais que pode fazer substituição de açúcar, não é o caso. 


Preparação
  1.  Inicie a receite retirando os ovos do frio,  e por dar sabor ao creme colocando o leite, o pau de canela e a casca do limão ao lume até que ferva. Apague o fogo e deixe repousar o leite pelo menos durante 30 minutos, para ficar bem aromático. 
  2. Entretanto, parta os ovos e separe as claras das gemas. Na taça onde irá colocar as gemas coloque um passador e já colocando as gemas. Este passo é fundamental para as gemas fiquem bem isentas de clara (o que só iria provocar grumos ao creme), e as gemas vão caindo para a taça lentamente. 
  3. Num tacho junte o açúcar com o amido de milho. 
  4. Logo que tenha passado o período de aromatizar o leite, retire-lhe a nata que ganhou, a canela e a casca do limão. 
  5. Adicione umas 3 colheres de leite ao açúcar e mexa. Junte todo o restante e leve ao lume, mexendo sempre. 
  6. Vá mexendo até que ganhe estrutura mas sem solidificar totalmente. Este processo leva alguma paciência pois tem de o fazer em fogo baixo/médio. Antes que solidifique por completo, retire-o do lume, e adicione as gemas devagar para não cozerem de imediato. 
  7. Leve de novo ao lume até que engrosse por completo (este último passo são uns 2-3 minutos). 
  8.  Desligue e coloque numa taça de servir ou tacinhas individuais. 
  9. Imediatamente antes de servir ligue o ferro eléctrico, polvilhe o leite Creme com açúcar e queime.
Espero sinceramente que façam a receita, a aprovem e que nos contem a vossa história com esta ou outra receita qualquer. Seria um gosto.

Sugestão de acompanhamento

Esta receita merece algo especial. Para mim, o melhor após um almoço de convívio, é um cálice de Porto. O nosso maravilhoso vinho do Porto.
Para que não pese muito no orçamento familiar, escolho este vinho com sabor doce, mas com toque seco, o Tawny Velhotes.